Desafios da amamentação

Toda mãe sonha com um bebê alegre e saudável, e a amamentação é uma peça fundamental para isso. Pediatras recomendam que até os seis meses de vida, o leite materno seja o único alimento do bebê.

Mas nem tudo são flores quando se trata de amamentação. Há diversas complicações que podem atrapalhar esse momento que é único na relação mãe e filho. Quer prevenir ou saber o que fazer caso algum desses problemas acontecer com você? Então leia este post!

Mastite

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, a doença atinge uma em cada 10 mulheres que amamentam no mundo. A mastite é uma inflamação das glândulas mamárias que traz muito desconforto para a mãe. Seus sintomas são vermelhidão e inchaço nos seios, febre acima de 38,5 ºC e fadiga.

A mãe acometida pela doença deve procurar um médico o quanto antes e tentar, mesmo com o desconforto, não parar de com a amamentação, pois o acúmulo de leite pode causar outros problemas como veremos a seguir.

Leite empedrado

Um dos maiores temores das mães é o leite “empedrar” em seus seios. O nome correto para esta condição é ingurgitamento e seus sintomas são seios duros, pesados e doloridos.  

Isso ocorre porque nos primeiros meses de vida do bebê a mãe produz mais leite do que ele precisa. Esse leite que sobra endurece e prejudica todo o processo de amamentação.

Há muitas receitas caseiras para a condição, mas tenha cuidado. O ideal para evitar esse quadro é amamentar o bebê sempre que ele desejar e tirar leite quando ele não quiser mamar. Uma solução para esse excesso é doar para o banco de leite mais perto da sua casa.

Criança que recusa o peito

Outro fator que pode levar ao leite empedrado é quando o bebê recusa o peito. Existem vários motivos que podem explicar esse comportamento da criança, vamos aos mais comuns:

  • Bebê se assustou com alguma coisa durante esse processo (como a mãe gritar depois de uma mordida, um animal doméstico curioso demais, etc)
  • Posição errada para amamentar
  • Demora em amamentar depois que a criança indicou estar com fome
  • Otite
  • Resfriado, com ou sem nariz entupido.
  • Excesso de mamadeiras que acabam tirando a fome da criança

Agora que você conhece os principais problemas que podem ocorrer durante o período de amamentação, compartilhe sua experiência conosco! Alguns dos quadros abordados no post aconteceu com você ou com alguém próximo? Como foi o processo?

Queremos te ouvir!

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *